Campus Party 2012 terá conexão de 20 Gbps

A organização da Campus Party anunciou, hoje, em entrevista coletiva, as principais novidades da edição 2012 do evento, que acontece entre os dias 6 e 12 de fevereiro.

Em sua quinta edição, a Campus Party tem como principal novidade a velocidade de conexão de internet, que foi ampliada de 10 Gpbs para 20 Gbps.

O evento também deixa o Espaço de Exposição Imigrantes e se muda para o Pavilhão de Exposições do Anhembi, na zona norte de São Paulo. Com o novo espaço, a Campus Party amplia de 6,8 mil para 7 mil o número de “campuseiros”.

Cloud computing, mobilidade e gamificação serão os temas centrais e devem direcionar as discussões desta edição.

Além das atrações internacionais (veja abaixo), a Campus Party 2012 vai também discutir os principais movimentos culturais revolucionários que aconteceram durante o ano de 2011.

Para isso, estão presentes – e pela primeira vez juntos em uma mesa – Charles Lencher, do Occupy Wall Street, Leila Nachawati, da Primavera Árabe, e Olmo Gálvez, da Acampada del Sol.

“A quinta edição marca a consolidação da Campus Party como maior evento de inovação, entretenimento digital, ciência e cultura digital do mundo. Prova disso foi a venda recorde dos 7 mil ingressos em apenas 22 dias”, afirmou Mario Teza, diretor geral do evento.

Problemas com energia e empreendedorismo

Os problemas com energia e com fornecimento de conexão que aconteceram na edição 2011 não devem se repetir em 2012. Segundo Teza, mais geradores foram alugados para atender a demanda do evento.

Consolidada como um espaço de empreendimento e de surgimento de novas ideias, a Campus Party ampliou sua parceria com o SEBRAE, que irá ter espaço próprio no evento. “Queremos que os jovens encontrem os primeiros passos de como se montar um negócio até cases de sucesso, além de palestras sobre empreendedorismo, social thinking e crowdfunding”, afirmou Teza.

Além disso, a Telefônica irá promover o Wayra Brasil, que irá selecionar 30 projetos e aplicativos para disputar dez vagas na Academia Wayra, reconhecido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) como a maior iniciativa internacional de empreendedorismo tecnológico.

A organização não confirmou se existirão filtros para o bloqueio de conteúdo protegido por direito autoral, mas afirmou “que o evento seguirá as boas normas da internet”.

O diretor da Wikimedia Foundation, Kul Wadha, que já veio a Campus Party no ano passado, deve falar sobre o engajamento da enciclopédia online Wikipedia contra os projetos de lei Sopa (Stop Online Piracy Act) e Pipa (Protect IP Act), ambas propostas que tramitam no congresso americano e preveem endurecer as regras para o compartilhamento de conteúdo na web.

De acordo com o prefeito Gilberto Kassab, presente na coletiva, em breve a Campus Party fará parte do calendário oficial de eventos da cidade.

Personalidades internacionais na Campus Party 2012:

Michio Kaku, conhecido como “físico do impossível”, o americano é, hoje, o principal porta-voz da física teórica no mundo. Com pesquisas que englobam a Teoria de Tudo até a Teoria de Campos de Cordas, Kaku busca desvendar os mistérios do universo por meio de equações.

Sugata Mitra, indiano, é pesquisador e professor de Tecnologia Educacional da Newcastle University, da Inglaterra, e professor visitante do Massachusetts Institute of Technology (MIT). É considerado um dos maiores estudiosos do mundo na área de tecnologia educacional.

Kul Wadhwa, é diretor da Wikimedia Foundation/Wikipedia, sendo responsável pela expansão de atividades, parcerias estratégicas e novas plataformas ligadas à instituição. Vem para o Brasil para falar sobre a posição da Wikimedia em relação à Sopa. Participou da última Campus Party.

Dave Haynes é vice-presidente de desenvolvimento de negócios da SoundCloud, plataforma que tem se tornado o principal serviço para o compartilhamento de áudio na web. Será um dos coordenadores do Music Hack Day. Empresário inglês e inovador, já se apresentou em eventos como o TEDxCardiff e South by Southwest.

Julien Fourgeaud é gerente de produtos da Rovio, empresa finlandesa criadora do Angry Birds, game que está saindo do mundo virtual para se tornar um ícone pop. Fourgeaud vai falar sobre o mercado de games móveis baseado na experiência da Rovio.

Alex Bellos é inglês, escritor, radialista e especialista em matemática, ciências e América do Sul. Seu livro “Alex no País dos Números” foi indicado ao Prêmio Samuel Johnson da BBC de não-ficção. Também é autor de “Futebol: The Brazilian Way of Life” e uma biografia sobre o Pelé.

Andreu Veà é presidente da Internet Society (Spanish Chapter) e engenheiro de telecomunicações. Veà defendeu a primeira tese de doutorado focada na Internet, em 2002. Atualmente, tem escrito vários livros e artigos, tendo realizado mais de 400 palestras, simpósios e seminários sobre a Internet e seu impacto. Criou uma metodologia própria – http://WiWiW.org (Who is Who in the internet World) – para deixar um registro de todos os seus passos.

Além deles, a quinta edição da Campus Party deve contar com a participação das web-celebridades Rafinha Bastos, PC Siqueira,Rodrigo Fernandes (Jacaré Banguela), Mauricio Cid (Não Salvo) e Rosana Hermann (Querido Leitor) e da curadora da área de mídias sociais Bia Granja.

Veja também:

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: