Homem é preso em flagrante ao roubar 3 notebooks na Campus Party

Suspeito, que seria estrangeiro, foi preso e conduzido pelos policiais para prestar depoimento.

Um homem foi preso esta tarde (9/2) durante a quinta edição da  Campus Party Brasil acusado de furtar três notebooks de campuseiros. Policiais Civis que fazem a segurança do evento fizeram a prisão em flagrante.

De acordo com informações dos policiais, o homem, que seria colombiano, foi preso ao roubar as máquinas de três campuseiros, na arena. Entretanto, cerca de cinco vítimas prestam depoimento na delegacia. Os policiais disseram que o suspeito não portava credenciais do evento.
Um homem foi preso esta tarde (9/2) durante a quinta edição da  Campus Party Brasil acusado de furtar três notebooks de campuseiros. Policiais Civis que fazem a segurança do evento fizeram a prisão em flagrante.

De acordo com informações dos policiais, o homem, que seria colombiano, foi preso ao roubar as máquinas de três campuseiros, na arena. Entretanto, cerca de cinco vítimas prestam depoimento na delegacia. Os policiais disseram que o suspeito não portava credenciais do evento.
O analista de sistemas Pedro Marins, de 24 anos, sobre o ocorrido, enquanto aguardava para prestar depoimento no distrito policial. Marins afirmou que um grupo de quatro pessoas entrou na arena do evento, sem portar credenciais, e começou a pegar os bens dos campuseiros que se afastavam de seus equipamentos. “Estava sentado com meu sócio e levantamos por 20 minutos para tomar um refrigerante, na lanchonete em frente. Ao voltarmos, as máquinas tinham sido furtadas” contou. Depois de conversar com outros participantes, que estavam próximos, foi possível identificar o suspeito, no exato momento em que tentava sair do Espaço Anhembi com três notebooks. Os outros três homens, que ainda não foram identificados, teriam fugido em meio à confusão.
Quando o homem, de camisa xadrez vermelha, foi conduzido em silêncio para fora da arena, houve muito alvoroço, com participantes do evento gritando. Manifestações ocorreram também Twitter, condenando a ação. Algumas pessoas chegaram a postar
Juntamente com as vítimas, o homem foi conduzido pelos policiais para o 247º DP, da Consolação, para que seja realizado o interrogatório. A assessoria de imprensa da Campus Party emitiu uma nota oficial sobre o ocorrido, e reiterou que “evento conta com um forte esquema de segurança [e] também com o apoio da Policia Civil de São Paulo e a Deatur (Delegacia Especializada no Atendimento ao Turista) com um posto de atendimento no Anhembi que, inclusive, destacou uma equipe de policiais a paisana para circular nas dependências da Campus Party”.
“Houve o flagrante de um suspeito que portava três notebooks em sua mochila ao passar pela segurança que monitora a saída da Arena dos Campuseiros para a Área Expo (aberta ao público). A Deatur foi acionada pela Organização para tomar as providências necessárias” concluiu a assessoria.
Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: