Medo de ficar sem celular é maior entre as mulheres

Uma pesquisa da empresa SecurEnvoy, feita no Reino Unido, identificou que 66% da população sofre de nomophobia, ou medo de ficar sem contato via telefone celular. Mulheres padecem mais que homens

A doença foi identificada inicialmente em 2008. Os sintomas: ansiedade por não ver seu celular por perto, coração dispara só de pensar que pode ter perdido seu aparelho e geralmente carregar dois celulares para o caso de um falhar. Parece com você? Pois se é o caso, você sofre de nomophobia, ou medo de ficar sem contato via celular. Mas você não está sozinho: pesquisa recente feita em 2012 pela empresa de segurança de senhas SecurEnvoy, identificou que 66% dos ingleses ativos profissionalmente hoje no Reino Unido sofre desse mal.

A pesquisa foi realizada com um grupo de mil profissionais e revelou ainda que, dos entrevistados, 41% optam por carregar dois ou mais aparelhos, para o caso de um deles falhar. Metade dos respondentes, 49%, é sensível à privacidade e declarou ficar irritado se um familiar ou parceiro olhar as mensagens e textos recebidos no aparelho. No entanto, 46% dos entrevistados declarou não usar nenhum tipo de senha ou proteção de dados no celular. 41% disseram usar a senha de quatro dígitos e só 10% dos ouvidos utiliza algum tipo de criptografia no aparelho.

O medo de perder o celular é maior entre as mulheres – 70% das entrevistadas – do que nos homens – 61% dos entrevistados. Mas são os homens os mais propensos a portar dois aparelhos (47% dos homens contra 36% das mulheres). Na distribuição por faixa etária, jovens de 10 a 24 anos são mais nomophobicos (77% do total de entrevistados na idade) enquanto que 68% dos entrevistados com idade entre 25 e 34 anos foram identificados com sintomas da doença. E se você achava que dependência de celular é coisa de gerações mais novas, uma surpresa: o terceiro maior grupo de nomophobicos está com idade acima de 55 anos.

“O primeiro estudo sobre nomophobia, realizado há quatro anos, revelou que 53% das pessoas sofria dessa condição e agora nosso estudo mostra que esse percentual cresceu para 66% no Reino Unido e não mostra sinais de que vai reduzir. A diferença é que em 2008 eram os homens os mais afetados, e agora são as mulheres. Eu me arriscaria a dizer, no entanto, que como são os homens os que mais carregam dois telefones, é talvez um jeito de amenizar o medo de ficar sem ele”, diz Andy Kemshall, CTO (Chief Technology Officer) e co-fundador da SecurEnvoy CTO and co founder.

Um outro estudo, mencionado por Kemshall, identifica que em média as pessoas verificam seu telefone 34 vezes por dia, para evitar o risco de perde-lo.

Veja também:

Anúncios

Tags:

Trackbacks / Pingbacks

  1. ÍCONES MINIMALISTAS « Sembit - 24/02/2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: