Boa notícia: Apple agora permite período de teste gratuito de aplicativos da App Store

Com as novidades desta quarta-feira, qualquer um de vocês que tentar baixar, comprar ou atualizar um aplicativo do iPhone, iPad ou iPod touch, será avisado de que os Termos e Condições da loja foram alterados e você precisa aceitá-los. Em outros idiomas, a Apple destaca no início o que mudou, mas na versao em português nós ainda não temos direito a esse tipo de respeito, infelizmente, sendo obrigados a ler todo o contrato.

Desta vez, o que mudou foi a inclusão de um termo importante, pois introduz na App Store a possibilidade de testar gratuitamente aplicativos por um tempo determinado.

Esta é uma reivindicação antiga dos usuários, que muitas vezes compram um aplicativo e logo descobrem que ele não condiz com o que parecia (aliás, esta é a desculpa mais usada entre os que pirateiam apps). Mas a implementação não era assim tão simples, pois a estrutura da App Store deveria ser alterada.

A solução que os engenheiros da Maçã encontraram foi de usar as assinaturas in-app, do mesmo tipo que são usadas atualmente para as revistas da Banca do iOS.

Determinadas Assinaturas In-App pagas podem oferecer um período de teste gratuito antes de cobrar a sua conta. Se você decidir que não quer comprar a Assinatura In App, desative a renovação automática nas configurações da sua conta durante o período de teste gratuito.

Pelo que dá a entender no texto dos Termos, o aplicativo poderá liberar a totalidade de suas funções através de assinaturas dentro do próprio app. A primeira assinatura seria “grátis” e, depois de um tempo, ela seria renovada, custando determinado preço. Se o usuário testar e decidir não renovar esta assinatura, ele pode apagar o aplicativo do aparelho ou desligar a renovação automática na configuração da conta do iTunes, e quando o aplicativo perguntar se quer renovar, pagando, basta responder que não.

Esta é uma ótima solução que permitirá a todos nós testarmos os aplicativos antes de pagarmos por ele. Porém, por ser através de uma assinatura interna do aplicativo, somente aqueles que adotarem o sistema poderão ser testados. Isso quer dizer que você não poderá testar todos os aplicativos que quiser, gratuitamente; somente aqueles que permitirem isso.

Isso deve acabar, finalmente, com as “versões lite” dos aplicativos. Além disso, aplicativos caros como os navegadores GPS poderão, finalmente, serem testados na prática antes de comprados.

A mudança é excelente e já deveria ter sido adotada há tempos. Mas, antes tarde do que nunca.

Veja também:  – 

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: